Mafalda Pinto

Mafalda Pinto

Mafalda Pinto: noite quente
com Rodrigo Menezes

As setas da paixão e do desejo atingiram os dois jovens actores Mafalda Pinto e Rodrigo Menezes, na festa pós-gala da TVI que decorreu na discoteca Lux, em Lisboa.

Mafalda Pinto, de 25 anos, e Rodrigo Menezes, ex-namorado de Diana Chaves, chegaram separados mas saíram juntos, altas horas da madrugada, depois de algumas cenas de beijos e carícias muito comentadas entre jornalistas presentes.

No dia seguinte, SapoFama esteve com a actriz no ginásio que frequenta, o Lisboa Wellness Center, do Estádio da Luz, em Lisboa. Depois de um treino suado, Mafalda falou-nos do seu envolvimento com Rodrigo, de projectos profissionais e da rotina do dia-a-dia.

Mafalda Pinto: noite quente com Rodrigo MenesesO que tem a dizer sobre a sua noite depois do aniversário da TVI?
Foi boa (risos).

Qual é a sua relação com o Rodrigo Menezes?
Não percebo por que me está a perguntar isso…

A Mafalda sabe bem o porquê…
(risos). Se há fotos, não posso negar. Quando saí da discoteca, estava com uma amiga e fiquei assustada com a quantidade de fotógrafos. Que grande confusão! Foi muito estranho.

Não pensou que eles estariam à porta?
Deveria ter-me dado conta. Quando a festa acabou, saí e dei de caras com um batalhão de máquinas. Eles estavam à minha espera?

O que tem a dizer sobre os beijos que trocou com o Rodrigo?
Isso é a minha vida privada e não vou comentar.

Mas esteve num local público a fazê-lo...
Eu sei, mas não vou alimentar essa história (suspiro).

Vai dar namoro?
Não vou comentar (risos).

Tem 25 anos e é normal ter namorados…
Eu sei. O que vou falar? Contra factos, não há argumentos. Não tenho de me justificar. Exponho-me pelo meu trabalho, mas não passa disso.

É uma rapariga muito assediada?
Sou normalmente discreta. Sinto algumas pessoas a olharem para mim e outras vêm pedir autógrafos ou dizer qualquer coisa. Não me importo nada com isso.

É muito namoradeira?
Tive um namorado durante três anos e meio, dos 18 aos 21 anos. Acabámos quando comecei nos “Morangos”, por divergência de opiniões. Antes disso, tive uns namoricos normais de adolescência. Sempre fui calminha. Nada de especial.

Já trabalhou com o Rodrigo Menezes?
Não, nunca nos cruzámos profissionalmente.

Rodrigo MenezesComo o conheceu?
Temos amigos em comum e quando tive um bar na discoteca Coconuts, em Cascais, ele também trabalhava lá. Já o conheço há alguns anos.

Faz sempre actividade física?
Quando posso, sim. Não tenho preguiça nenhuma. Vivo na zona da Expo e estou habituada a correr no parque. Mas no inverno não posso, porque tenho de ter cuidado com a voz devido à minha profissão. Por isso, tenho de vir ao ginásio. E adoro fazer aulas, nadar e ir ao spa.

Para além de actividade física, o que mais faz para manter a linha?
Tomo cuidado com a alimentação. Tenho deixado de comer carne e abusado mais de sushis e pratos vegetarianos. Em casa, nunca tenho bolachas, chocolates, bolos. Quando dá aquela fome, ataco nas frutas e nas saladas. Batatas fritas em casa não entram.

É a própria Mafalda quem faz as compras?
Sim e desde que descobri os supermercados online, sou mais feliz. Odeio andar a carregar os leites e as águas.

É uma boa dona-de-casa?
Tenho de ser. Se não for eu, ninguém faz. Faço o básico: lavo a roupa, ponho-a a secar, meto a louça na máquina. Detesto lavar pratos. De resto, arrumo a cama e dou uma geral na casa. Tenho uma empregada que vai uma vez por semana dar uma mãozinha.

É organizada?
Mais ou menos. Tenho a escrivaninha cheia de papéis onde vou apontando tudo o que tenho para fazer. Demoro é imenso tempo para arrumar a roupa depois de lavar. Quando aparecem as visitas, escondo toda a tralha dentro de um quarto vazio…

Vive sozinha há mais de um ano. Foi fácil sair de casa dos pais?
Sempre fui independente. Trabalho desde os 15 anos para pagar as minhas coisas. Os meus pais sempre me deram tudo, mas eu não me sentia bem. Não foi um corte muito grande. Quando vivia com os meus pais, saía cedo e chegava tarde a casa e precisava do meu espaço para estudar os textos.

Vai agora estrear-se no teatro?
É verdade. Começo em Março os ensaios da minha peça, “Erasmus para Sempre”, que deve iniciar uma digressão nacional em princípios de Maio. Tem sido uma correria, porque sou eu quem está a tratar de tudo. Escrevi o guião, vou representar e tenho amigos meus na peça (Cláudia Vieira, Tiago Aldeia e Ana Rita Tristão). Tenho é pena que em Portugal o teatro não seja devidamente valorizado.

Estreia-se como actriz de teatro e como guionista. É um projecto ambicioso?
(risos). Será uma dupla estreia, vamos lá ver como corre. É uma peça para o público jovem, com uma linguagem leve, que fala da vida de estudantes Erasmus.

Foi estudante Erasmus?
Passei só um mês em Roterdão, na Holanda, num programa de Verão, quando estava a tirar gestão. Estive lá a estudar justamente quando me ligaram a dizer que eu ia entrar nos “Morangos com Açúcar”.

Tem boas recordações?
Óptimas. Escrevi o guião da peça com base em algumas coisas que me aconteceram. Quero mostrar que estudar fora não é só bebedeiras e festas. Que há conflitos, problemas...

Terá algum projecto televisivo nos próximos tempos?
Ainda não sei. Fiz agora duas curta-metragens e estou à espera de convites. Enquanto isso, tenho posto música em algumas festas e vou fazendo workshops. Já fui apresentadora de um programa, mas o que gosto mesmo de fazer é ser actriz.

Procurar no site

Contacto

RÁDIO SANTA MARTA 97.9 Fm Rádio Santa Marta
Cever
5030-000 Santa Marta de Penaguião
Portugal
254 820 000 Geral
254 820 007 Estúdios
254 820 009 Fax